Cinematógrafo II

Critica, comenta e divulga tudo: álbuns, livros, filmes
Regras do Fórum
Novas Regras em vigor!
Os tópicos que não respeitarem as Regras desta secção serão removidos!

Passa a ser obrigatório o seguinte formato do título dos tópicos: Nome da banda (sem Caps Lock!) - "Título do trabalho" [formato, caso não seja o comum álbum] (data, caso seja relevante)
Restantes críticas:
Categoria (ex: Cinema, Literatura) - "Título da obra" (data, caso seja relevante)
Avatar do Utilizador
Enigma
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 4623
Registado: quarta set 26, 2007 3:48 pm

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor Enigma » sexta fev 08, 2019 2:31 pm

PeiXotO Escreveu:Ontem vi o Bohemian Rhapsody e saí de lá satisfeito. Prestações fantásticas dos 4 actores que fazem o papel dos membros da banda, especialmente de Rami Malek (Mercury) e Gwilym Lee (May).
É um filme inofensivo sobre a historia (bastante resumida) da banda, com algum ênfase na vida de Freddie, sem lições de moral sobre bi e homossexualidade como já seria de esperar neste mundo em que vivemos.
O filme certamente será bastante criticado por abordar muito levemente a vida decadente do sexo, drogas e rock n´roll que marcou aquela época, mas penso que não era, de todo, o objetivo deste filme, mas sim celebrar a banda e o seu membro mais marcante.
Para quem gosta e conhece Queen, o filme está cheio de pequenos detalhes deliciosos que vão agradar. Aconselho!

(E foi a primeira vez que vi uma sala bater palmas no final do filme. Até bateram duas vezes, no inicio e no final dos créditos finais!)


Já vi baterem palmas várias vezes, mas em sessões do Lisbon and Estoril Film Festival. :mrgreen:

Ainda não vi esse filme, mas estou curioso com o mesmo, especialmente depois de ler o teu comentário. :)
Valfar, ein Windir

Zyklon
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 6825
Registado: sexta jan 04, 2008 10:47 am
Localização: Oleiros(Castelo Branco)
Contacto:

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor Zyklon » sexta fev 08, 2019 3:39 pm

Enigma Escreveu:
PeiXotO Escreveu:Ontem vi o Bohemian Rhapsody e saí de lá satisfeito. Prestações fantásticas dos 4 actores que fazem o papel dos membros da banda, especialmente de Rami Malek (Mercury) e Gwilym Lee (May).
É um filme inofensivo sobre a historia (bastante resumida) da banda, com algum ênfase na vida de Freddie, sem lições de moral sobre bi e homossexualidade como já seria de esperar neste mundo em que vivemos.
O filme certamente será bastante criticado por abordar muito levemente a vida decadente do sexo, drogas e rock n´roll que marcou aquela época, mas penso que não era, de todo, o objetivo deste filme, mas sim celebrar a banda e o seu membro mais marcante.
Para quem gosta e conhece Queen, o filme está cheio de pequenos detalhes deliciosos que vão agradar. Aconselho!

(E foi a primeira vez que vi uma sala bater palmas no final do filme. Até bateram duas vezes, no inicio e no final dos créditos finais!)


Já vi baterem palmas várias vezes, mas em sessões do Lisbon and Estoril Film Festival. :mrgreen:

Ainda não vi esse filme, mas estou curioso com o mesmo, especialmente depois de ler o teu comentário. :)

O filme vale a pena sim...e a atuação do Rami é impressionante...apenas peca um pouco pelo "pseudo ar" meio frágil que se dá ao Mercury...ele até podia ser assim...mas a julgar pelo animal que era em palco (talvez dos ultimos" homens da frente")..prefiro acreditar que não e apenas se explora esse lado no filme para puxar pelo sentimento mais facil...aquela parte final do Live Aid é intensa!

Avatar do Utilizador
abyssum
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 3346
Registado: sexta out 28, 2011 6:52 pm
Localização: Hellentejo

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor abyssum » sexta fev 08, 2019 6:04 pm

O desempenho do Rami Malek é o filme. A abordagem dada aos Queen/Freddie Mercury pela produção/realização é bastante simpática, de certeza que haveria mais conflitos internos e podiam ter explorado o lado mais extravagante de Freddie, mas isso não ficou totalmente de fora e também tem alguns desses momentos. Talvez um dia façam outro filme mais centrado na personagem de Mercury.
Eu próprio esperava pouco disto, mas o filme em si é mais uma celebração da vida e obra dos Queen e do seu mítico vocalista, do que um retrato biográfico.
Se alguém merece o Óscar para melhor actor este ano é o Rami Malek.

Zyklon
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 6825
Registado: sexta jan 04, 2008 10:47 am
Localização: Oleiros(Castelo Branco)
Contacto:

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor Zyklon » sexta fev 08, 2019 8:39 pm

Oscar?
Isso é porque ainda não viste o Culkin no "Lords of Chaos :mrgreen: "

Avatar do Utilizador
abyssum
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 3346
Registado: sexta out 28, 2011 6:52 pm
Localização: Hellentejo

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor abyssum » domingo fev 17, 2019 6:31 pm


Avatar do Utilizador
abyssum
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 3346
Registado: sexta out 28, 2011 6:52 pm
Localização: Hellentejo

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor abyssum » sexta fev 22, 2019 5:27 pm

Imagem
Esta noite marcha este, as expectativas não são as melhores, mas siga...

Avatar do Utilizador
abyssum
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 3346
Registado: sexta out 28, 2011 6:52 pm
Localização: Hellentejo

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor abyssum » sábado fev 23, 2019 5:51 pm

abyssum Escreveu:Imagem
Esta noite marcha este, as expectativas não são as melhores, mas siga...

Como seria de esperar num filme que tem como base o livro do mesmo nome, não se avizinhava boa coisa, e foi mesmo isso. Mais uma paródia metaleira a juntar a tantas outras, a diferença é que esta foi mais sangrenta e dramática, dados os eventos em questão. De um modo geral isto mais parecia um filme amador. O ideal seria nunca mais ninguém pegar nesta história para fins cinematográficos ou outros, acho que nunca irá resultar.

Poder ser que este tenha melhor sorte

Avatar do Utilizador
aetheria
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 4007
Registado: quarta jul 04, 2007 9:59 am
Localização: Braga

Re: Cinematógrafo II

Mensagempor aetheria » sábado fev 23, 2019 6:30 pm

abyssum Escreveu:Poder ser que este tenha melhor sorte


Será igualmente divertido: trocam o sangue e os incêndios por drogas e sexo :mrgreen:
Verei o LoC amanhã... will see.
Só é tua a loucura Onde, com lucidez, te reconheças. Torga
A partir de um determinado ponto já não há retorno. É esse ponto que se tem que alcançar. Kafka


Voltar para “Críticas & Divulgação”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante