Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

A todas as bandas portuguesas: MANIFESTEM-SE!
Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » terça fev 28, 2012 1:06 pm

Imagem

A banda tomarense Ashes (Rock / Metal Alternativo) anuncia o lançamento oficial do seu aguardado álbum "Ecila".
Inspirado na saga de "Alice no País das Maravilhas", o colectivo apresenta-nos seis temas num álbum conceptual, que explora toda a sua versatilidade musical para criar uma ambiência rica em pormenores e descargas de energia pura.
O álbum foi gravado e misturado por Pedro Carvalho no Zero Estudio, e masterizado por Graham Goldman nos estúdios da Masterdisk. O artwork do álbum e as fotografias de banda foram elaboradas por Jaime Veloso.

O "Ecila" pode ser encomendado a partir do site oficial http://ashesrain.tk ou por email para Ashesband@gmail.com, pelo preço de 7,5 Euros (mais portes de envio).
Para comemorar este evento, uma nova música chamada "Rewind" está disponível para audição no site oficial, após o lançamento do single "The Kind Of Strange".

O primeiro EP da banda, de 2007 (remasterizado digitalmente), está também disponível para audição e compra online no site BandCamp.

Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Re: Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » domingo mar 18, 2012 10:54 pm

Review na Infektion Magazine nº12 (17 Março 2012) por Joel Costa

"Depois de em 2007 nos terem presenteado com um delicioso EP, os Ashes estão agora de volta com o seu álbum de estreia, “Ecila”. Inspirado em “Alice no País das Maravilhas”, “Ecila” apresenta-se como um álbum conceptual, composto por seis temas envoltos de uma energia contagiante que, e muito bem, nos leva para um Mundo diferente. Ao contrário do que acontece no EP anterior, a presença do violino em “Ecila” ganha uma nova vida, não se limitando a ser quase que uma segunda voz, explorando assim toda uma nova versatilidade musical como só os Ashes nos sabem dar. Apesar do longo espaço de tempo que separam estes dois registos, os Ashes deram meia dúzia de passos na direção certa pois não só decidiram regressar com uma produção adequada à excelente performance com que já nos haviam brindado anteriormente, como também - e uma vez que a banda tem um som muito peculiar - foi muito bom constatar que não caíram na tentação de dar um seguimento lógico ao EP de 2007, apostando assim num formato diferente de composição mas mantendo viva e presente a sua identidade. O aspeto mais marcante deste álbum é mesmo o facto dos Ashes terem conseguido passar a energia que têm ao vivo para um CD de estúdio. Uma banda a seguir nos próximos tempos! [8.5/10]"

http://www.issuu.com/infektionmag/docs/infektion12

Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Re: Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » terça mai 01, 2012 3:49 pm

Review no site Via Nocturna (21 Abril 2012) por Pedro Carvalho

A produção nacional tem provado que, cada vez mais, nada fica a dever ao que se faz lá fora. E curiosamente, alguns dos trabalhos com mais qualidade surgem de coletivos ainda longe das luzes da ribalta. Os exemplos têm-se sucedido, sendo que o mais recente é mesmo o novo trabalho dos Ashes, Ecila, surgido 5 anos após a estreia em formato EP. Tendo por base a história de Alice no País das Maravilhas, os Ashes partem para uma encenação musical digna de registo, apresentando uma sonoridade refrescante, onde os momentos calmos, melancólicos e atmosféricos são bruscamente sacudidos por violentas tempestades sónicas. Trata-se da fusão de diferentes influências que juntas num mesmo tema ajudam a criar complexas estruturas e elevar o nível de imprevisibilidade. A componente teatral é muito forte, desde o trabalho excêntrico do violino (elemento fundamental na definição da estrutura musical em Ecila) até ao desempenho diversificado em termos vocais, sempre em registo digno de saliência, seja em que situação for. Os seis temas de Ecila ficam, então, enquadrados por um conceito, partindo para a exploração de uma versatilidade musical assinalável com a inclusão de pormenores deliciosos e de momentos ora belos ora arrepiantes. O resultado é um trabalho digno de realce, com uma personalidade muito vincada e longe dos estereótipos vigentes. Por isso, altamente aconselhável."

http://vianocturna2000.blogspot.pt/2012 ... ashes.html

Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Re: Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » quinta mai 03, 2012 10:46 am

Review no blog SounD(/)Zone Magazine (02 Maio 2012) por Nuno Costa

"Podem até ser das bandas menos visíveis do nosso underground, não obstante a sua notável “sala de troféus” (recheada de vitórias em concursos) e um vasto número de espectáculos por todo o país. A pouca presença em termos de lançamentos ao fim de 14 anos poderá ser uma das principais razões para isso e, já agora, porque não atribuir alguma da responsabilidade ao facto de virem de um local com poucas tradições no metal - Tomar.
A estas eventuais contrariedades também se pode incluir a hibridez e ecletismo do seu som que concorrem para baralhar os ouvintes mais conservadores. Os Ashes desenvolvem rock/metal alternativo com um violino expedito a tentar induzir alguma inovação e uma excelente voz - por David Pais - a comandar todo o processo. Acrescente-se que a sua paixão platónica por Maynard James Keenan (Tool) lhe sujeitará a uma relação amor-ódio por parte da crítica, ainda que esteja preservado o seu talento.
Quanto à composição, os Ashes mostram-se perfeitamente cómodos na criação de sequências que ciclicamente implodem e explodem, emocionalmente. Há, sobretudo, melancolia e serenidade neste trabalho, mas David Pais e companhia não se coíbem a alguns acessos de fúria. Enquanto isso, e apesar de pretensamente liberal e descomprometida, a banda pode (e deve) tornar-se mais hipnótica e cerebral – tal como os seus ídolos Tool - ou mais enternecedora e arrepiante – como nos ofereciam os saudosos A Perfect Circle. Faltará ainda alguma musicalidade, portanto.
Resta frisar que lado-a-lado com a relativa “bizarria” que é o som dos Ashes está um conceito inspirado em “Alice No País das Maravilhas”. É por essas e por outras que “Ecila” é, mais do que um disco interessante, um exemplo importante de como ainda se pode soar inovador sem pretensiosismos ou super-produções. [7.3/10]"

http://soundzonemagazine.blogspot.pt/20 ... ecila.html

Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Re: Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » segunda mai 28, 2012 11:44 pm

Review na WebZine MöndoBrutal #4 (Abril/Maio 2012)

“Para quem ainda não percebeu, Ecila é Alice escrito ao contrário. Contudo os nabantinos Ashes estão muito bem alinhados com o seu plano sonoro. Música inspirada no tipo de composição avançada pelos norte americanos Tool, com rasgos de ímpeto à Nonpoint, assombrados pela melancolia de uns improváveis My Dying Bride, através da perseguição do inquietante violino.. é uma mistura bastante invulgar, sim, mas que em alguns momentos funciona com uma subtileza que nos deixa de queixo caído - repare-se no rasgo sonoro hipnotizante e belo do acutilante instrumento de cordas em “Hall Of Mirrors“ a marcar a fronteira entre os contrastantes estados de espírito exaltados pela banda. Na verdade, nesta arte que é a música, o mais entusiasmante é desafiar a criatividade e quebrar barreiras, e só dessa forma é possível desbravar caminho, coisa que David Pais, Pedro Caldeira e companhia não se censuram a perseguir. Neste primeiro longa duração a banda apresenta-nos um conjunto de temas inspirado no romance de Lewis Carrol ‘Alice no País das Maravilhas’, sabendo assombrar e clarificar momentos com a sua receita sonora insuspeita, que entra de forma suave como na abertura do tema título, entra em modo agitado como no desenvolvimento instrumental de “Rewind” e atinge níveis de delírio insanos nos seus picos, como no conclusivo encerramento de “Redemption“, de forma a criar uma teia tão complexa quanto o próprio romance, e que, tal como o último, a cada nova leitura acaba por se entranhar debaixo da pele, junto àquele líquido vermelho que pulsa com as emoções e se inquieta e delicia com o desconhecido. Tal como Pais canta em “Kind of strange”: “Embrace the madness within yourself, only then will you be free”. "

http://issuu.com/mondobrutal/docs/mondobrutal_004/1

Petwerkel
Turista
Mensagens: 8
Registado: segunda fev 27, 2012 3:40 am

Re: Ashes - Ecila [Lançamento Oficial]

Mensagempor Petwerkel » segunda mai 28, 2012 11:45 pm

Review no BandCam (26 Maio 2012)


"Oriundos de Tomar, os Ashes contam já com catorze anos de existência. Compostos por um sexteto formado por David Pais (voz), Pedro Caldeira (guitarra), Eduardo Serraventoso (guitarra), João Cardoso (baixo), Marco Rosa (violino) e Ricardo Neto (bateria), esta banda tem passado por despercebida no panorama underground português. Refugiados por demasiado tempo no seu laboratório musical, é agora que nos destilam o seu primeiro LP, intitulado Ecila.

Ecila traz-nos seis faixas que prometem querer baralhar-nos os sentidos. Desde a sinistra e bela The kind of strange até à intrigante Redemption, não faltam motivos para que o ouvinte se deixe embriagar pela sonoridade concitante deste grupo tomarense. O registo é condimentando unicamente no dialeto de Shakespeare, e devo cimentar que os lirismos que compõem Ecila são verdadeiramente esplendorosos. Creio que o ponto onde isso esteja mais visível seja a excelsa e laudativa composição lírica musicada em Hall Of Mirrors, uma faixa onde o ouvinte é envolvido numa atmosfera cenosa e incôndita e se compele na vontade de querer descodificar o que se esconde na paisagem pintada pela voz de David Pais.

Ao longo de todo o registo somos invadidos com uma série de influências que servem de génese criativa à música do sexteto. É difícil definir o estilo musical produzido por este grupo, mas, em meu ver, a sonoridade dos Ashes resume-se a um Alternative Metal que se funde com os ideais Punk e é pintado por tonalidades agrestes de um Post-Grunge e de um concitante Post-Hardcore. Na génese instrumental, encontram-se suaves traços de um arrojado Heavy-Metal, dada a complexidade com que a estrutura sonora é delineada. Um pormenor que não consegue passar por despercebido é o facto dos Ashes conchavarem um violino no meio de uma camada sonora completamente inóspita e onde o ludro anda à rédea solta e penetra os tímpanos do ouvinte sem querer desnudar deles. A verdade é que esta fusão esquiva-se (e bem!) do incompto e acaba por incrassar tudo o que de bom se possa dizer desta banda tomarense, é indubitavelmente uma simbiose que nos promete siderar a cada instante. De referir, também, que quando escutei Ashes, nomes como Alice In Chains, Dream Theater ou Tool chegaram-me à cabeça.

Contudo, o registo acaba por não ser perfeito. Existem, por vezes, alguns exageros na voz de David Pais que, em meu ver, podem «afugentar» os ouvintes mais conservadores. Não foi o meu caso. Mas estas pequenas falhas, se é que se podem assim apelidar, são totalmente aniquiladas por momentos frenéticos e esquizofrénicos como está patente em Redemption ou Ecila. Com este LP de estreia está provado que os Ashes têm muito para nos dar. Mussita-se já na minha cabeça o desejo que este sexteto tomarense fecunde outro LP e me transtorne novamente ; me coloque atónito, porque isto meneia a minha meninez."

http://bandcompt.blogspot.pt/2012/05/ashes-ecila.html


Voltar para “Bandas Nacionais”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes