2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Críticas & Comentários a Concertos & Eventos!
Avatar do Utilizador
Miguel Linkin
Metálico(a) Compulsivo(a)
Mensagens: 357
Registado: segunda mai 27, 2013 9:18 pm
Localização: Barcelos

2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Miguel Linkin » sexta jul 05, 2019 11:15 pm

Fui ontem a isto. Não propriamente pelo mau cartaz, mas porque, a optar por um dia, optei pelo primeiro.

Trivium: Não é banda que goste mas cheguei a tempo de ver o Toy. Bem, o concerto foi para mim um pouco chato, com ou sem Toy. Claramente deviam te-lo deixado tocar sozinho. A In Waves lá para o fim teve a sua graça.

Arch Enemy: Talvez uma das minhas bandas favoritas. O concerto foi quase perfeito, sendo que, foi a melhor prestação que vi deles. Um palco grande beneficia sempre as bandas, tenho dito. No entanto, notava-se que o público só queria ver Slipknot.

Slipknot: Goste-se ou não, os gajos são muito bons no que fazem. Estava à espera de gostar muito, mas foi incrível. Melhor concerto de metal de 2019 fácil, venha quem vier. Palco, luzes, voz, som. Tudo bem feito e de forma a impressionar.

Gostava de ver Gojira e LoG. Mas fica pra próxima.

Avatar do Utilizador
Mammoth Rider
Participante
Mensagens: 42
Registado: terça nov 06, 2018 11:14 am

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Mammoth Rider » sábado jul 06, 2019 12:13 pm

Já eu só fui ao dia 5, o dia 4 para mim era azeiteiro a mais, e acabou por se comprovar isso mesmo... :roll:

Entrei a tempo de ver os Moonspell. Começaram com o Em Nome do Medo e tocaram algumas músicas do último álbum 1755. Gostei da malta toda a cantar Todos os Santos, e o sempre clássico Alma Mater também foi muito bom, mas na minha opinião o som esteve sempre bastante péssimo, e a acústica do pavilhão não ajudou em nada. 3/5

Gojira. Novamente o som deixou muito a desejar, e tiveram inclusive de suspender o concerto por uns minutos para resolver uns problemas técnicos. Ainda assim, estes gajos têm uma energia do caralho, abundaram os mosh e circle pits lá na frente (não sei como estava lá para trás, não dava para ver). O calor acentuou-se com um pouco de culpa do fogo, e o sistema de luzes estava brutal. 4/5

Lamb of fucking God... confesso que não é uma banda que me atrai muito, não consigo ir muito à bola com aqueles vocais. Mas não tenho problemas em afirmar que foi o ponto alto da noite e de todo o festival. Que brutalidade incrível foda-se! Deixo aqui este vídeo que encontrei no youtube, acho que explica bem a loucura que foi:


Nem sei por onde andei, o circle pit só não foi maior e não continuou por mais tempo por falta de espaço depois de ter entrado tanta gente e termos ficado todos esmagados. Acredito que se tenham perdido alguns óculos, carteiras, telemóveis, ténis (sapatilhas para os nortenhos, e aí azar o vosso, tivessem levado botas), isqueiros e sei lá mais o quê. Fiquei com a sensação que o som esteve mais agradável, dentro do possível, uma enorme vénia ao melhor concerto do festival. 5/5

Por fim, e mesmo no fim, Slayer. Espetacular como sempre, são uns dos gigantes do metal, e quase depois de 40 anos de carreira ainda conseguem manter um nível musical brutal. Fogo atrás de fogo, a juntar ao já muito calor humano dos pits que não pararam, foi um inferno autêntico. Uma despedida em grande! 5/5 :headbanger:


Em relação à organização, por favor evitem fazer festivais naquele pavilhão novamente. A acústica é horrível, e excepto se for inverno aquela sauna não é nada agradável. E acho que a plateia em pé esteve um bocado sobrelotada demais. Apesar de ter gostado dos concertos, se soubesse de antemão que seria naquele local não teria comprado bilhete. Tive pena de toda a gente que largou muita nota ali na cerveja a 3€. Felizmente que os polícias deixaram entrar comida, no entanto bebidas já não (o que deu para contornar, uns packs de cerveja por cima das grades um bocado mais à frente e siga...). A questão dos transportes também foi muita má para quem tinha alojamento/campismo do outro lado da cidade, a organização poderia ter alugado uns quantos autocarros. Também não foi muito agradável ter tanta gente a fumar lá dentro, e deixo aqui uma mensagem para quem o fez: tenham por favor mais respeito para os estranhos que estão à vossa volta, aquilo é um pavilhão fechado.

Avatar do Utilizador
X-FrEaK
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 2534
Registado: sexta mar 23, 2007 7:02 pm
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor X-FrEaK » sábado jul 06, 2019 4:36 pm

Trivium - Um concerto do caralho! Das melhores performances live que já vi. Tinha os visto há duas semanas em Utrecht e mãe do céu, este concerto destruiu o holandês. Pelo que o Matt disse na Holanda(que tinha sido o melhor concerto em solo holandês) não me parece descabido a afirmação dele que este foi um dos melhores, senão o melhor, concerto da carreira deles. Definitivamente uma das bandas que irá carregar a chama do metal depois dos grandes se retirarem.

Arch Enemy - Epa ja ha anos que não tenho grande amor por Arch Enemy (e muitos dos seus comparsas de género musical), vi o concerto cá de trás, pareceume competente, mas claramente estavam trocados com Trivium no alinhamento do festival, bastava comparar a reação das pessoas. Also... Nao tocaram a We Will Rise?!

Slipknot - Madre mia, desde 2004 que ansiava por rever Slipknot, tinha as expectativas altíssimas, e talvez não tenham sido completamente atingidas, porque o som não tava no seu melhor no concerto, de resto, um concerto do PÉNIS! Excelente entrega, bom alinhamento mas... Nao tocaram a Wait and Bleed ganda wtf lol.

Moonspell - Prai a 13x que os vejo, uma máquina completamente oleada, ainda não tinha visto o 1755 live (irei ver no fim do ano mais a sério na Holanda), e apesar de nem gostar por aí além do álbum, a todos os Santos ao vivo tem tudo para se tornar numa Alma Mater v2, pelo menos em Portugal.

Gojira - Não sendo o maior conhecedor de Gojira, grande concerto, um espetáculo visual acima do que pensava ser um concerto de Gojira e aqueles vocals ao vivo, que poder!

Lamb of God - Gosto bastante de Lamb of God até ao Sacrament, a partir daí tornou se um pouco genérico de mais, gostando qb dos últimos álbuns. Ainda assim, que concerto, nunca os tinha visto e esperava exactamente a destruição que foi. Laid to Rest e Redneck foi um mosh deste mundo e do outro.

Slayer - Epa apesar de gostar do Reign in Blood e do South of Heaven, é uma banda que me passa completamente ao lado, vi os primeiros 50 minutos e como não sou grande conhecedor, todas as músicas me soavam ao mesmo (aquele peca peca de bateria tira me do sério). Como tal após ver uma grande prestação dos mesmos e positivamente surpreendido com a voz do sr Araya ao vivo, bazei e fui-me despedir dos meus amigos que vida de emigrante não é fácil.


Pah como resumo do festival, efectivamente a Altice Arena teve momentos bons e maus em termos de som, e as vezes nem é só momentos é também locais (em Tool eu apanhei um som perfeito, e tenho amigos meus que disseram que tava uma merda). É um ganda forno sem dúvida e pronto as opções de comida era o que dava. Posto isto acho que ninguém se importou muito após começar, isto depois do escândalo das redes sociais... Deixem de ser parvos que já há tão pouco concertos em Portugal que boicotar os poucos que temos é um suicídio.

Passenger
Metálico(a) Compulsivo(a)
Mensagens: 348
Registado: domingo out 14, 2007 12:18 am

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Passenger » sábado jul 06, 2019 9:04 pm

Vim aqui só para deixar o meu lamento e a confirmação das minhas preocupações em relação ao som, que esteve maioritariamente uma merda, especialmente em Lamb Of God. Estive em frente à mesa de mistura, fui lá atrás do pavilhão e o som estava francamente uma merda fosse em que local fosse. Um pouco melhor em Moonspell e Slayer, mas mesmo assim... Estou seriamente a pensar na hipótese de deixar de ver lá concertos que não sejam na Sala Tejo, onde aí o som costuma ser francamente melhor.

Tenho que rever Lamb Of God mas num sítio onde dê para apreciar com bom som, o concerto foi bom mas naquela altura eu já só atrofiava com a merda do som e não deu para curtir. Dei por mim a comparar Gojira ali com o que vi em Vagos há uns anos e ficou a anos luz... Aquela sala deixa muito a desejar e não vale o preço dos bilhetes.

Avatar do Utilizador
JaimeMetal
Participante Inspirado(a)
Mensagens: 61
Registado: terça mar 22, 2016 8:53 pm
Localização: Deserto

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor JaimeMetal » domingo jul 07, 2019 8:45 am

Existe aqui qualquer coisa que não bate bem, uns dizem que o som estava bom outros dizem que o som estava uma merda, eu também estive lá os dois dias e não me pareceu assim tão mau como isso, numas bandas talvez esteja estado melhor noutras nem por isso mas a culpa não é só do pavilhão, a responsabilidade principal é do PA/técnicos de som, há quem saiba o que está a fazer e outros que são meninos e que não percebem nada daquilo lol. Fui a muitos concertos e festivais em Portugal e Estrangeiro (e não foram poucos) em locais onde dizem que a acústica é uma maravilha e óptima e igualmente acontecem problemas com o som, mais uma vez voltamos ao PA, por vezes prejudicam de propósito as bandas iniciais outras os técnicos de som por não conhecem os locais e só lá para a quarta ou quinta malha é que metem aquilo a andar portanto não venham para aqui bater sempre na mesma tecla, se calhar levam tampões para os ouvidos e depois dizem que o som foi uma bosta, eheheh, com bom ou mau som o que me interessa é curtir as bandas e o convivio em si, ver pessoal que já não vejo há colhões de tempo doutras partes do País, isso que é bonito :headbanger: . Vivemos num País democrático todos têm direito à sua opinião, antes do 25 de Abril nem concertos de rock existiam e os que existiam (poucos) eram às escondidas mas a maior parte da malta que anda por aqui nessa altura nem nascidos eram, comparado com aquela época isto agora é um paraíso... :punish:-

Avatar do Utilizador
X-FrEaK
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 2534
Registado: sexta mar 23, 2007 7:02 pm
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor X-FrEaK » domingo jul 07, 2019 12:38 pm

JaimeMetal Escreveu:Existe aqui qualquer coisa que não bate bem, uns dizem que o som estava bom outros dizem que o som estava uma merda(...) se calhar levam tampões para os ouvidos e depois dizem que o som foi uma bosta


Again como referi... No mesmo concerto (Tool) tive quatro grupos de pessoas (2 plateia mais 2 golden circle) em que houve uma opinião excelente e outra má em cada um dos grupos. Para mim foi dos concertos com melhor com que já lá vi, para outros nem sequer ouviram o Maynard na Vicarious. No VoA foi oscilando, mas sinceramente não me impediu de ter gostado bastante do festival, talvez Slipknot tivesse gostado mais com um som melhorzito

Avatar do Utilizador
Jorgetime
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 1931
Registado: quinta jul 02, 2009 4:42 pm
Localização: Amarante/Gaia

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Jorgetime » domingo jul 07, 2019 4:42 pm

1º dia
While She Sleeps - Não vi todo, estavam sem vocalista e já tinha visto no ano passado num Hard Club esgotado. No entanto arrependi-me, arrisco a dizer que o substituto é ainda melhor, reconheci logo pela voz, era o vocals de Bleed From Within.

Thormentor - Estava nas bancadas de lado perto do palco e estava com um som nojento, não consegui ouvir um solo que seja, montes e montes de eco. Estava com proteções nos ouvidos e pela primeira vez tinha melhor som sem as proteções. Quanto à banda não me impressionaram, som pouco dinâmico, género não muito adequado para concertos desta dimensão. Do que tocaram, gostei mais das cenas antigas com vibe mais à Death.

Trivium - Ainda melhor que no Resu 2013, muito mosh, muito sing-a-long e muito movimento, Toy foi só a cereja no topo do bolo. O Matt botou alguns clichés, mas é o habitual para animar o espetáculo. O som começou a chatear-me um bocado por mal ouvir as vozes. Shout-out para o gajo no final a berrar para o segurança abrir a merda da porta para sairmos lá para fora, ficou um inferno lá dentro.

Arch Enemy - Estive no início nas bancas atrás e o som parecia vindo da adega da minha avó, foda-se. Só a partir de Ravenous é que a coisa melhorou, depois acabei por para a beira da mesa de som e estava melhorzinho. Não gosto muito da banda, mas deram um bom concerto.

Slipknot - Finalmente, um sonho desde a adolescência. Tudo o que queria e mais, boas performances, bom palco, bom alinhamento e boa energia, as músicas novas ao vivo são excelentes. Melhor concerto do fest. Pontos negativos para os gordos no mosh, o som que podia estar melhor, em vez da Surfacing podiam ter tocado Left Behind, Eyeless ou sei lá WAIT AND BLEED? e o calor que ainda antes do concerto começar estava irrespirável.

2º dia
Cane Hill - Das bandas que tinha mais curiosidade em ver, pena terem tocado mais deep cuts que outra coisa, mas curti bastante a Ugly Model Manequinn. Nota negativa para o guitarrista que não parava de violar o wah-pedal.

Moonspell - Nunca tinha visto e gostei. Gosto do 1755, mas é pena não tocarem nada dos 00's, é a fase que gosto mais deles e penso que seja a fase mais popular em Portugal. Estava nas bancadas de lado e o som estava bastante bom.

Gojira - Fire! Parecido com o concerto que deram no Hard Club. Tiveram é que lançar confetti para tornar a Shooting Star interessante lol, deviam reformar o tema, ainda bem que fecharam com The Gift of Guilt. Falando em setlist, foi uma oportunidade perdida para tocar Adoration of None.

Lamb of God - Já tinha visto e já sabia que ia ser a maior festa. O som piorou outra vez, mas mal entrou o breakdown da Ruin também não interessava :jam:

Slayer - Concerto lendário de banda lendária, curti o palco e o senhor Araya meu deus, nada com ar de quem vai para a reforma. Setlist boa para agradar a toda a gente, pena não terem tocado nada do Christ Illusion. É Slayer mas o som estava alto demais mesmo com proteções, a cena é que os solos assim eram uma muralha de ruído. Mesmo com aquele fogo todo estava-se bem melhor que em Slipknot, claramente o ar acondicionado tinha sido ligado neste dia.

Quanto à organização, foi um bom "festival" mas tudo graças às bandas, tudo o que havia para correr mal em relação à organização correu. A Unkind tinha umas palavras nada simpáticas em relação à mudança de local. Um ponto positivo que posso apontar foi a livre circulação entre bancadas e plateia.

Passenger
Metálico(a) Compulsivo(a)
Mensagens: 348
Registado: domingo out 14, 2007 12:18 am

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Passenger » domingo jul 07, 2019 5:17 pm

JaimeMetal Escreveu:Existe aqui qualquer coisa que não bate bem, uns dizem que o som estava bom outros dizem que o som estava uma merda, eu também estive lá os dois dias e não me pareceu assim tão mau como isso, numas bandas talvez esteja estado melhor noutras nem por isso mas a culpa não é só do pavilhão, a responsabilidade principal é do PA/técnicos de som, há quem saiba o que está a fazer e outros que são meninos e que não percebem nada daquilo lol. Fui a muitos concertos e festivais em Portugal e Estrangeiro (e não foram poucos) em locais onde dizem que a acústica é uma maravilha e óptima e igualmente acontecem problemas com o som, mais uma vez voltamos ao PA, por vezes prejudicam de propósito as bandas iniciais outras os técnicos de som por não conhecem os locais e só lá para a quarta ou quinta malha é que metem aquilo a andar portanto não venham para aqui bater sempre na mesma tecla, se calhar levam tampões para os ouvidos e depois dizem que o som foi uma bosta, eheheh, com bom ou mau som o que me interessa é curtir as bandas e o convivio em si, ver pessoal que já não vejo há colhões de tempo doutras partes do País, isso que é bonito :headbanger: . Vivemos num País democrático todos têm direito à sua opinião, antes do 25 de Abril nem concertos de rock existiam e os que existiam (poucos) eram às escondidas mas a maior parte da malta que anda por aqui nessa altura nem nascidos eram, comparado com aquela época isto agora é um paraíso... :punish:-


Se achas que o som estava bom então acho que o problema é nos teus ouvidos e não nos técnicos... Se calhar sou eu que não me estou a explicar bem, mas em Lamb Of God estive em 3 sítios diferentes no pavilhão e o som estava uma merda em qualquer dos sítios. Vamos lá ver uma coisa, as coisas ouviam-se, é um facto, mas se os únicos graves que se ouvem em Lamb Of God são os do bombo da bateria e não se percebe muito bem o que o gajo está a berrar ao microfone, para mim o som está uma merda. Se calhar para outros está fixe... Está aí um vídeo, gravado com um telemóvel, certo, o que já de si adultera uma beca o som, mas acho que dá para perceber o que estou a dizer. Eu dei um exemplo de dois concertos da mesma banda (Gojira) em sítios diferentes e a diferença de som entre eles, mas se não estiveste lá não te consigo explicar melhor (my bad). Se estou a ouvir um som com ecos e tabelado das paredes e tecto do recinto, o som para mim está uma merda. Para mim. E não, não levei tampões para os ouvidos, por isso não posso aferir dessa teoria...
Já levo uns quantos anos de concertos, se calhar não tantos como tu, é certo, tanto em Portugal como lá fora, por isso acho que já sei bem o que é bom som e mau som. No antigamente chamado Pavilhão Antlântico já vi Testament, Megadeth, Slayer (esta foi a segunda), Judas Priest 2x, Iron Maiden 2x, até Alice Cooper a meia casa, Tool há uns bons anos atrás, só para me lembrar de alguns, e a opinião geral que tenho de todos estes concertos era que o som estava mau (uma merda, no meu português). Até porque já vi alguns destes concertos fora do Pavilhão Atlântico, nomeadamente Megadeth, Testament, Tool, Iron Maiden e Slayer e, guess what?, o som estava francamente melhor. Em todos, sem excepção. Atenção, já apanhei mau som noutros sítios também, mas o que constitui regra (sem excepção) até agora é o Altice. Até referi que o som na Sala Tejo, onde vi Ghost e Helloween é francamente melhor. E se se pode assacar a culpa aos técnicos de som em alguns casos, acho que não se pode pôr a culpa em tudo, pois são várias bandas, vários técnicos de som e vários casos para ser só uma questão de unhas dos técnicos. E felizmente há outras pessoas que foram comigo aos concertos em questão que partilham da mesma opinião que eu, por isso acho que ainda não sou maluquinho. Para além do mais, não tenho nada contra as organizações dos concertos como alguns, estou-me a cagar se Vagos é em Vagos ou no caralho que nos foda a todos e vou onde for preciso desde que para o meu gosto as bandas o justifiquem, menos no Altice Arena, para mim acho que já ficou demonstrado que não justifica o preço que se paga para ver concertos naquela sala, apenas e só isso. Não venho para aqui debitar merda da boca para fora e falar mal só porque sim... Mas como para alguns interessa mais o convívio e as bandas em si, se calhar para eles está bom o som, desde que esteja a dar barulho de fundo, não interessa muito a qualidade, o que interessa é beber copos e convívio. Se calhar sou eu que já estou exigente demais e como para convívio vou jantar fora ou beber copos para um sítio onde dê para falar em vez de estar a gritar aos ouvidos de outra pessoa, conviver para mim significa outra coisa.
Se calhar sou eu que estou velho, apesar de não ter nascido no tempo da outra senhora, acho que já estou velho, mas não posso opinar sobre os concertos nessa altura. Mas como as bandas que referi ainda nem sequer existiam nessa altura, o meu termo de compração nem sequer existe. Não sei como eram os concertos nessa altura. Sou um privilegiado.
Enfim, venham mas é de lá bons concertos para podermos todos marcar presença. Desde que não sejam no Altice Arena (excepção à Sala Tejo) que aí acho que me fartei de vez.

Avatar do Utilizador
mnl-stl
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 1128
Registado: quinta jul 17, 2003 12:04 pm

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor mnl-stl » domingo jul 07, 2019 5:55 pm

agora é público...

o guilty pleasure dos metaleiros é o Toy !



Sempre a curtir! :headbanger:

Avatar do Utilizador
JaimeMetal
Participante Inspirado(a)
Mensagens: 61
Registado: terça mar 22, 2016 8:53 pm
Localização: Deserto

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor JaimeMetal » domingo jul 07, 2019 6:41 pm

Passenger Escreveu:
JaimeMetal Escreveu:Existe aqui qualquer coisa que não bate bem, uns dizem que o som estava bom outros dizem que o som estava uma merda, eu também estive lá os dois dias e não me pareceu assim tão mau como isso, numas bandas talvez esteja estado melhor noutras nem por isso mas a culpa não é só do pavilhão, a responsabilidade principal é do PA/técnicos de som, há quem saiba o que está a fazer e outros que são meninos e que não percebem nada daquilo lol. Fui a muitos concertos e festivais em Portugal e Estrangeiro (e não foram poucos) em locais onde dizem que a acústica é uma maravilha e óptima e igualmente acontecem problemas com o som, mais uma vez voltamos ao PA, por vezes prejudicam de propósito as bandas iniciais outras os técnicos de som por não conhecem os locais e só lá para a quarta ou quinta malha é que metem aquilo a andar portanto não venham para aqui bater sempre na mesma tecla, se calhar levam tampões para os ouvidos e depois dizem que o som foi uma bosta, eheheh, com bom ou mau som o que me interessa é curtir as bandas e o convivio em si, ver pessoal que já não vejo há colhões de tempo doutras partes do País, isso que é bonito :headbanger: . Vivemos num País democrático todos têm direito à sua opinião, antes do 25 de Abril nem concertos de rock existiam e os que existiam (poucos) eram às escondidas mas a maior parte da malta que anda por aqui nessa altura nem nascidos eram, comparado com aquela época isto agora é um paraíso... :punish:-


Se achas que o som estava bom então acho que o problema é nos teus ouvidos e não nos técnicos... Se calhar sou eu que não me estou a explicar bem, mas em Lamb Of God estive em 3 sítios diferentes no pavilhão e o som estava uma merda em qualquer dos sítios. Vamos lá ver uma coisa, as coisas ouviam-se, é um facto, mas se os únicos graves que se ouvem em Lamb Of God são os do bombo da bateria e não se percebe muito bem o que o gajo está a berrar ao microfone, para mim o som está uma merda. Se calhar para outros está fixe... Está aí um vídeo, gravado com um telemóvel, certo, o que já de si adultera uma beca o som, mas acho que dá para perceber o que estou a dizer. Eu dei um exemplo de dois concertos da mesma banda (Gojira) em sítios diferentes e a diferença de som entre eles, mas se não estiveste lá não te consigo explicar melhor (my bad). Se estou a ouvir um som com ecos e tabelado das paredes e tecto do recinto, o som para mim está uma merda. Para mim. E não, não levei tampões para os ouvidos, por isso não posso aferir dessa teoria...
Já levo uns quantos anos de concertos, se calhar não tantos como tu, é certo, tanto em Portugal como lá fora, por isso acho que já sei bem o que é bom som e mau som. No antigamente chamado Pavilhão Antlântico já vi Testament, Megadeth, Slayer (esta foi a segunda), Judas Priest 2x, Iron Maiden 2x, até Alice Cooper a meia casa, Tool há uns bons anos atrás, só para me lembrar de alguns, e a opinião geral que tenho de todos estes concertos era que o som estava mau (uma merda, no meu português). Até porque já vi alguns destes concertos fora do Pavilhão Atlântico, nomeadamente Megadeth, Testament, Tool, Iron Maiden e Slayer e, guess what?, o som estava francamente melhor. Em todos, sem excepção. Atenção, já apanhei mau som noutros sítios também, mas o que constitui regra (sem excepção) até agora é o Altice. Até referi que o som na Sala Tejo, onde vi Ghost e Helloween é francamente melhor. E se se pode assacar a culpa aos técnicos de som em alguns casos, acho que não se pode pôr a culpa em tudo, pois são várias bandas, vários técnicos de som e vários casos para ser só uma questão de unhas dos técnicos. E felizmente há outras pessoas que foram comigo aos concertos em questão que partilham da mesma opinião que eu, por isso acho que ainda não sou maluquinho. Para além do mais, não tenho nada contra as organizações dos concertos como alguns, estou-me a cagar se Vagos é em Vagos ou no caralho que nos foda a todos e vou onde for preciso desde que para o meu gosto as bandas o justifiquem, menos no Altice Arena, para mim acho que já ficou demonstrado que não justifica o preço que se paga para ver concertos naquela sala, apenas e só isso. Não venho para aqui debitar merda da boca para fora e falar mal só porque sim... Mas como para alguns interessa mais o convívio e as bandas em si, se calhar para eles está bom o som, desde que esteja a dar barulho de fundo, não interessa muito a qualidade, o que interessa é beber copos e convívio. Se calhar sou eu que já estou exigente demais e como para convívio vou jantar fora ou beber copos para um sítio onde dê para falar em vez de estar a gritar aos ouvidos de outra pessoa, conviver para mim significa outra coisa.
Se calhar sou eu que estou velho, apesar de não ter nascido no tempo da outra senhora, acho que já estou velho, mas não posso opinar sobre os concertos nessa altura. Mas como as bandas que referi ainda nem sequer existiam nessa altura, o meu termo de compração nem sequer existe. Não sei como eram os concertos nessa altura. Sou um privilegiado.
Enfim, venham mas é de lá bons concertos para podermos todos marcar presença. Desde que não sejam no Altice Arena (excepção à Sala Tejo) que aí acho que me fartei de vez.


Caro amigo eu continuo na minha, graças a Deus já tenho 54 anos, posso ter outros mas ainda não tenho problemas nos ouvidos, eu tenho a minha opinião tu tens a tua, sem Stress, pelos vistos existem por aqui opiniões divergentes, vamos sempre bater na mesma tecla. Já não tenho paciência para alimentar discussões que não levam a lado nenhum mas numa coisa concordo contigo, o que interessa enquanto andar por cá é que continuem a vir a Portugal bandas de Metal independentemente do local onde irão actuar, o que interessa é a malta curtir. :metal:

Santyago
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 1153
Registado: quinta jan 08, 2009 2:44 am

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor Santyago » domingo jul 07, 2019 8:28 pm

Fui ao 2º dia.

Não achei muita piada a esta mudança de local. Pelo que parece, houve um imprevisto na montagem do palco e tiveram que mudar de local. Não sou grande fã do Pavilhão Atlântico e continuo a não ser. Apesar da localização estar mais em conta que o Restelo, perdeu-se o sentimento de um festival Open Air. Também a situação de que quem comprou o bilhete para um dia tinha que ficar pelo recinto não é das que mais gostei. Mas pronto, fui por causa de Slayer.

Moonspell - Vi 30 minutos e achei o Alma Mater fofo. Continua a ser uma banda que pouco ou nada oiço mas deram uma boa performance para o público que os foi ver.

Gojira - Semelhante àquela vez que os vi na Sala Tejo. Desta com mais temas do novo álbum e só com 2 temas do From Mars to Sirius, deram um concerto poderoso, apesar da pequena falha nas guitarras a meio do concerto que felizmente, não prejudicou a fluidez do mesmo. Muito competentes ao vivo, deram um óptimo concerto e gostei bastante de os ver. Apesar de não seguir a banda em termos de trabalho de estúdio, fico contente por ver os concertos deles e ficar plenamente satisfeitos com o mesmo. A banda a crescer de popularidade e com mérito!

Lamb of God - Até ao concerto, o que conhecia da banda era o Redneck. Após o concerto, o que gostei mais foi a Redneck e todo o concerto foi um snooze fest para mim. Também não gosto do Thrash/Groove, é verdade. Dei por mim a ver as horas à espera que o concerto terminasse. Definitivamente não é banda para mim nem faço intenções de os ver ao vivo. Fico só por este concerto.

Slayer - A principal razão para ir. Sendo supostamente o último concerto deles cá, e como os vi há 11 anos no Super Bock Super Rock, não queria perder esta oportunidade e ver uma das bandas que mais ouvia quando era mais novo. Foi um desfilar de clássicos, com músicas que me dizem muito como Chemical Warfare, Postmortem, Hell Awaits e muitos outros clássicos. Uma banda muito bem rotinada ao vivo, um som decente. Deu gosto ver o tio Tom a ver o público e a falar pouco mas bem com o mesmo. O final foi tocante, ver o Tom a passear pelo palco, a ver o público a aplaudir e a gritar pela banda, a sentir este momento e a agradecer por nós termos ido vê-los. Se é de facto a última vez que o vejo, não haveria melhor final. Uma banda muito importante na história do Metal e a ter o reconhecimento que merece.

Um abraço ao pessoal daqui que vi: Rui, Peixoto, Fátima :cheers:
Old_Skull Escreveu:Esta MUrda é cada vez mais um antro de Guerrilheiros de Teclado. Até dá gosto... :grim:

Avatar do Utilizador
NevermorE85
Participante
Mensagens: 34
Registado: segunda ago 29, 2016 12:45 pm
Localização: Portugal

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor NevermorE85 » segunda jul 08, 2019 10:44 am

Vamos lá então ao rescaldo:

1- Alojamento: Bungalow reservado em Monsanto, festival a 5km, transporte assegurado pela organização. Tinha tudo para correr bem, não? Não!!! Os transportes para a Altice Arena até correram, mais ou menos, bem (menos para o pessoal que ia perdendo o autocarro disponibilizado de 1h em 1h para o recinto)... Pelo menos havia uma alternativa, apanhar um autocarro mesmo ao lado (a pagar, claro), ou chamar um táxi... O primeiro problema foi a duração da viagem, no 1º dia uns bons 45 minutos, no segundo mais de 1h... O segundo, e maior problema, esteve relacionado com o regresso ao parque de campismo... Quem é que teve a brilhante ideia de disponibilizar um único autocarro após a conclusão dos concertos? Pelos vistos havia de meia em meia hora entre as 22h30 e as 1h!!!! Quer no 1º dia, quer no 2º, os concertos terminaram sempre depois das 00h45, ou seja, já só havia UM autocarro para centenas de pessoas...

2 - Altice Arena: Acho que todos preferiam um concerto ao ar livre, a acústica continua a mesma ***** (fala quem já frequenta o espaço desde 2005), com um, ou dois concertos a equilibrarem melhor o som (LOG e Gojira). Estive nas bancadas (apenas Moonspell e Thormenthor), e estive junto à mesa de som, com algumas diferenças na qualidade do som. No primeiro dia, por vezes, quase nem ouvia a voz do Matt, nem do Corey Taylor, no segundo a tarola de Slayer já me estava a irritar... Valeu pela sauna gratuita, devo ter perdido uns quilos. Esqueço-me sempre de levar uns enchidos para defumar... Incrível a falta de respeito por quem não fuma (a organização até criou um espaço ao ar livre :D).

3 - Concertos (que é o que realmente interessa): 1º dia - Rasgo e While she sleeps (estava no autocarro a ouvir RFM...), Thormenthor (não é a minha onda). Trivium foi excelente, corresponderam às expetativas de quem nunca os tinha visto. O momento com o Toy foi hilariante :D Arch Enemy deram um concerto bastante competente, mas gostei mais do ambiente no Hard Club em 2015, salvo erro. Slipknot já tinha visto 2x, voltaram a dar um excelente concerto. 2ºdia - WAKO e Cane Hill (autocarro), Moonspell gostei bastante da Todos os Santos ao vivo. Gojira foi excelente, não estava à espera de um concerto tão potente (conheço a banda, mas não era propriamente o maior fã). Destaco a performance incrível do baterista :beer: Lamb of God (a par de Trivium era o que mais queria (re)ver)! Já os tinha visto há 10 anos, mas na altura não era grande conhecedor da banda. Que brutalidade. Walk with me in hell e Redneck foram as malhas da noite (para mim, claro) :headbanger: Slayer (3x que os via) foram excelentes, pena o som irritante da tarola. Esperava o tema expendable youth, tive que me contentar com os clássicos :D

Avatar do Utilizador
zeplin43
Participante Compulsivo(a)
Mensagens: 104
Registado: quarta jun 25, 2008 8:37 am
Localização: Coimbra

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor zeplin43 » segunda jul 08, 2019 11:12 am

Fui só ao 2º dia pelo cartaz mais Ao meu gosto.
Grande atitude das Bandas. :beer: :jam: :headbanger: :jeroen:
O Mosh esteve em destaque
Confirmo com muito desagrado o som do pavilhão é uma bosta enorme.
Vergonha uma sala utilizada para concertos quase todos os dias e não despendem um cêntimo em correcção acústica.(Ganancia Financeira)
Isto Deve se ao facto de não terem concorrência de outra sala com lotação parecida.

Avatar do Utilizador
aetheria
Ultra-Metálico(a)
Mensagens: 4843
Registado: quarta jul 04, 2007 9:59 am
Localização: Braga

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor aetheria » segunda jul 08, 2019 1:38 pm

Não me apetece fazer grande review mas é curioso isso do som.... Sempre me constou essa coisa de ser uma merda. No ano passado vi Maiden e esteve excelente. Este ano, Tool - impecável. Estava na plateia e fora do circle pit... Ou seja, bem atrás (pqp o golden circle de meia plateia). No Voa... Em Thormenthor esteve mauzinho. No início estava mesmo à frente e saí, porque estava péssimo. Nas bancadas também. Depois desci para meio da plateia, perto de um pequeno circle pit e a coisa melhorou muito. Acho que aí terá sido acerto dos técnicos. A sala ainda não estava muito cheia.
Outro som mau (estava numa bancada lateral) foi em. Moonspell. Muito muito estranho mesmo. Depois, com o avanço do concerto melhorou.
Slipknot vi nas bancadas atrás, som decente, não maravilhoso, mas não estragava o desempenho. Também não é banda que propriamente siga ou tenha seguido. Tinha estado bastante à frente, na plateia, a gramar um calor terrível, na expetativa que abrisse o circle pit, mas era tanta a gente que se revelou impossível e eu já não aguentava tanto aperto com corpos suados....
Já o trio GOJIRA, LOG, SLAYER passei-o todo no circlepit ou em redor dele e o som esteve espetacular. Não tenho nada a apontar. A minha miúda, que canta muitas das letras de LOG (eu não sigo), disse que percebeu mais certas letras ali ao vivo do que em álbum.... Não tem muita experiência de concertos mas valho-me dá palavra dela. Aquilo que aconteceu em GOJIRA foi algo pontual. Ouvi-se um estouro logo no início do tema e o som baixou. E resolveram-no rapidamente no fim do tema. Btw... Confirmo o som irritante da tarola em slayer :D
O meu balanço é muito positivo. Aquilo que eu queria MESMO ver (GOJIRA é Slayer) vi-o e gozei - o a 100% Preferia ao ar livre, sim. Mas antes lá no altice que cancelado, isso sim teria sido mau.
Não achei a comida cara (na sexta comi lá), o preço da cerveja é que era proibitivo fds... Olha, preservei o fígado. Não é mau. Vêm aí mais concertos.
Só é tua a loucura Onde, com lucidez, te reconheças. Torga
A partir de um determinado ponto já não há retorno. É esse ponto que se tem que alcançar. Kafka

Avatar do Utilizador
kruger
Metálico(a) Inspirado(a)
Mensagens: 227
Registado: quinta ago 15, 2013 5:01 pm

Re: 2019.07.04 e 05 - VOA Heavy Rocks - Altice Arena

Mensagempor kruger » segunda jul 08, 2019 10:46 pm

Fui com um amigo inabitual grande fa dos Slayer e dei o meu tempo (e dinheiro!!!) por bem empregue(s).
. Wako: gostei, tinham ritmo e energia qb
. Cane hill: não conhecia e fiquei sem conhecer. Som horrivel, viemos para o exterior para proteger os timpanos. Não digo que sejam maus...nós é que não aguentamos o barulho. Aproveitei para perguntar se havia comida vegetariana pois os animais não tem culpa que more a 4h da capital do império
. Moonspell: sou admirador do Fernando Ribeiro e companhia, sempre que puder vou ve-los e admirar a sua trajetoria. No entanto, "1755" só vem provar a sua tendencia dos ultimos anos por malhas mais brandas e melodicas. Não há nada como o wolfheart e a "alma mater" sabe a pouco!
. Gojira: gde power, irreprenssiveis em palco. Não sigo esta banda mas percebo pq tem tantos admiradores
. Lamb of God: gostei bastante dos musicos mas detestei as vozes. Não se percebia uma palavra do vocalista durantes as malhas mas qdo se dirijia ao publico o som estava claro. Conclusão: fdx melhora os vocais crl
. Slayer: pqp de banda, perfeitos (se é que isso existe). Alguem acredita que com aqueles musicos e o vocalista (com melhores prestações que gajos 20 anos mais novos) se vão retirar definitivamente? Devem é ir curtir a vida e daqui a uns anos fazem nova Tour. Esperemos!

Nota: só fui ao VOA porque me puxaram. Sou (e serei sempre) Vagos em termos de espirito, amizade e respeito. O VOA já perdeu credibilidade há muito tempo. Desta vez todos percebemos a historia mal contada da mudança de local e uma minoria percebeu outras coisas que mais tarde ou mais cedo todos saberão (quem for curioso pergunte aos fotografos que sempre estiveram presentes em Vagos ao longo das várias edições anteriores).

See you at Laurus Nobilis?


Voltar para “Rescaldo”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes